Sala de Imprensa

Releases

Reservas se esgotam, e Aeroporto de Brasília entra em estado crítico novamente

ATUALIZAÇÃO: (17h00, domingo, 27 de maio de 2018) 

As reservas de querosene de aviação (QAV) se esgotaram novamente na tarde deste domingo, 27/05, no Aeroporto de Brasília. Por causa da greve dos motoristas de caminhão não houve na data de hoje reposição dos estoques do combustível. O Aeroporto recebe regularmente todos os dias a média de 20 caminhões tanque com o produto. No entanto, desde o início da greve na terça-feira, 22/05, apenas 20 caminhões chegaram ao terminal no período. A defasagem nas entregas é de cerca de 84%, ou seja, 100 caminhões não chegaram até o aeródromo para reposição do QAV.

O desabastecimento já provocou o cancelamento de 132 voos, entre pousos e decolagens, desde a sexta-feira até o final da tarde deste domingo. O Aeroporto aguarda a liberação do restante dos caminhões bloqueados no protesto de motoristas para regularização das operações aéreas do Terminal e normalização total do volume do pool de abastecimento do Aeroporto.

A Inframerica informa que somente pousarão no Aeroporto de Brasília as aeronaves com capacidade para decolar sem a necessidade de abastecimento no Terminal brasiliense. Aviões que pousarem e que necessitem de abastecimento ficarão em solo até a regularização da situação. Desta forma, a Concessionária orienta os passageiros para que busquem informações com as companhias aéreas antes de se deslocarem ao Terminal.

As informações sobre a situação dos reservatórios de combustível no Aeroporto são atualizadas em tempo real no site da Inframerica e em sua conta no Twitter ( www.bsb.aeroe @AeroportoBSB).

 

IMPORTANTE | As imagens e arquivos disponibilizados para download deverão ser utilizados apenas para divulgação. O uso comercial não é permitido. Em caso de dúvidas, entre em contato com a nossa equipe de imprensa por telefone ou e-mail.