Sala de Imprensa

Releases

Reservas de combustível no Aeroporto de Brasília entram novamente em estado de alerta

ATUALIZAÇÃO: (12h00, domingo, 27 de maio de 2018)

Mesmo com a chegada de 10 caminhões de combustível neste sábado, 26/05, as reservas de Querosene de Aviação (QAV) chegaram novamente a níveis críticos nos reservatórios. Apesar do reabastecimento, que elevou as reservas a 12,5% no final do dia de ontem, o fluxo de chegada dos veículos ainda é insuficiente para regularização do estoque frente à demanda. Com a liberação do QAV após as análises químicas que autorizaram o seu uso, o nível chegou a alarmantes 5% da capacidade, garantindo combustível apenas até às 16h00 deste domingo (27). O Aeroporto de Brasília já está no 6º dia de contingenciamento por causa da greve dos motoristas de caminhão que se iniciou na terça-feira (22).

O Terminal brasiliense recebe em média 20 caminhões tanque por dia. Desde o dia 22/05, quando a greve começou, até este domingo, o aeroporto recebeu somente 20 caminhões, número que representa apenas cerca de 16% da frota esperada para o período.

Continua valendo a medida que somente pousarão no Aeroporto de Brasília aeronaves com capacidade para decolar sem a necessidade de abastecimento no Terminal brasiliense. Aviões que pousarem e que necessitem de abastecimento ficarão em solo até o recebimento do combustível.

O Aeroporto aguarda a liberação do restante dos caminhões bloqueados no protesto de motoristas para regularização das operações aéreas do Terminal e normalização total do volume do pool de abastecimento do Aeroporto.

A Inframerica orienta aos passageiros que antes de vir para o Aeroporto, busquem informações com a sua companhia aérea.

A Inframerica atualiza em tempo real as informações sobre a situação no site da empresa e na sua conta no Twitter ( www.bsb.aeroe @AeroportoBSB).

 

IMPORTANTE | As imagens e arquivos disponibilizados para download deverão ser utilizados apenas para divulgação. O uso comercial não é permitido. Em caso de dúvidas, entre em contato com a nossa equipe de imprensa por telefone ou e-mail.