Sala de Imprensa

Releases

Inframerica aumenta medidas preventivas no Aeroporto de Brasília

Concessionária afirma que não há interrupção nas operações aéreas. Pousos e decolagens ocorrem normalmente e com segurança.

Brasília, 13 de março de 2020 - A Inframerica, concessionária do Aeroporto de Brasília, vem tomando medidas e orientando seus funcionários quanto as ações de prevenção do COVID-19 e informa aos passageiros que as operações aéreas no terminal estão acontecendo normalmente, sem interrupção na prestação de serviço aeroportuário.

Entre as ações que estão sendo tomadas estão o incremento na limpeza do terminal aéreo e a utilização de máscaras e luvas pelos funcionários que atuam diretamente com o público. Telas informativas em todos os portões de embarque explicam sobre a doença e orientam como se prevenir, além disso dispensers de álcool gel estão distribuídos nas áreas administrativas, balcão de informações e nas áreas de grande circulação de trabalhadores. Lojistas também estão oferecendo álcool gel para os clientes.

A Inframerica adotou medidas para dispensa de funcionários que apresentarem qualquer sintoma. Esta atitude não gera impacto na operação do Aeroporto de Brasília que continua regular, sem qualquer impacto para o passageiro. 

O Centro de Controle Operacional do Aeroporto está monitorando em tempo real voos e usuários. Qualquer suspeita ou comunicado de passageiros com sintomas da doença é acionado o protocolo de ações orientado pela ANVISA. As equipes médicas do terminal juntamente com os agentes da Vigilância Sanitária estão treinadas para atender os pacientes.

O Aeroporto possui um posto médicoexclusivo preparado para atender emergências médicas de passageiros e tripulantes.  O espaço é equipado com duas equipes completas (médico, enfermeiro, técnico de enfermagem e motorista socorrista) que funciona 24h. Além da enfermaria, duas ambulâncias estão sempre à disposição para encaminhamentos de emergência do Aeroporto a hospitais da capital federal.

O Aeroporto de Brasília orienta os passageiros para não viajarem se estiverem com suspeita da doença e alerta que caso estejam viajando com febre e tosse seca, devem informar a tripulação dos sintomas e por onde estiveram visitando. É importante contatar a companhia aérea para que o atendimento seja feito cumprindo as orientações da Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Isso diminui as chances de contágio e a equipe, tanto do aeroporto quanto da própria Anvisa, ficam preparadas para atender o passageiro com a segurança necessária.

O Ministério da Saúde orienta a lavagem frequente das mãos com água e sabonete por pelo menos 20 segundos. Em todos os banheiros do terminal aéreo está à disposição sabão líquido que é reposto constantemente. Entre outras medidas divulgadas estão:

·        Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.

·        Evitar contato próximo com pessoas doentes.

·        Ficar em casa quando estiver doente.

·        Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo.

·        Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

IMPORTANTE | As imagens e arquivos disponibilizados para download deverão ser utilizados apenas para divulgação. O uso comercial não é permitido. Em caso de dúvidas, entre em contato com a nossa equipe de imprensa por telefone ou e-mail.