Sala de Imprensa

Releases

Aeroporto de Brasília terá novos voos para Miami e Orlando

Os voos começam a operar em novembro, passagens aéreas em breve estarão à venda nos canais oficiais da companhia e com agentes de viagem

O ano de 2018 começa com novidades no Aeroporto de Brasília. Em novembro a companhia GOL Linhas Aéreas Inteligentes começa a voar para Miami e Orlando diretamente da capital federal dois dos destinos mais populares dos Estados Unidos

A boa notícia não se restringe só aos destinos: a companhia fará a rota com a novíssima aeronave, o Boeing 737 MAX 8.  Os novos aviões que a empresa receberá em junho tem mais autonomia, é mais econômico e possui um layout mais moderno. Com isso, as operações internacionais da GOL com o novo modelo irão permitir preços mais competitivos.

Os dois voos terão frequências diárias, com ambas as saídas às 9h50 e chegada a Brasília às 8h20, com aproximadamente oito horas de duração e com capacidade para 176 passageiros.

A grande conectividade do Aeroporto de Brasília com o restante do país e sua infraestrutura foram os pontos cruciais para a conquista dos voos. A companhia tem o seu hub instalado no terminal brasiliense e opera uma média de 130 voos diários (pousos e decolagens) que servem cerca de 30 cidades no pais. Além disso, o tempo de conectividade e a infraestrutura do Aeroporto agilizam a logística do passageiro.

O Aeroporto de Brasília foi considerado pela OAG, consultoria especializada em aviação, o 4º terminal mais pontual do mundo na categoria que processa entre 10 a 20 milhões de passageiros/ano. Além da agilidade de conexão e a pontualidade, os passageiros dos novos voos contarão também com acesso à Sala VIP Internacional do Aeroporto administrada pela própria Inframerica.

"O início desses novos voos é muito positivo. O retorno da movimentação aérea é reflexo da retomada da economia, e destaca Brasília como a opção fora do eixo Rio São Paulo para voos internacionais", analisa o presidente da Inframerica, Jorge Arruda. 

O executivo ainda reforça que Brasília tem total capacidade para se tornar um importante hub internacional, "Temos uma malha aérea domestica que liga todas as capitais brasileiras e diversas outras cidades do país. Somos hoje um dos principais hubs domésticos, tanto pela nossa localização geográfica, quanto pela infraestrutura moderna, que permite uma operação eficiente para as Companhias Aéreas com conforto para os passageiros. Em resumo, temos todas as condições de aumentar a oferta de novos destinos internacionais, nos consolidando também como um hub internacional, oferecendo opções de voos com menor duração e/ou com conexões mais eficientes aos brasilienses e moradores de outras regiões do país", completa Arruda.   

IMPORTANTE | As imagens e arquivos disponibilizados para download deverão ser utilizados apenas para divulgação. O uso comercial não é permitido. Em caso de dúvidas, entre em contato com a nossa equipe de imprensa por telefone ou e-mail.