Notícias

Veja mais notícias

Aeroporto de Brasília retoma 65% das operações

Terminal brasiliense recupera aos poucos o movimento pré-pandemia e investe em tecnologia e sinalização

Vocês sabiam que este é o 6º mês consecutivo que o Aeroporto de Brasília cresce em número de operações aéreas e de passageiros? Seguindo todas as orientações sanitárias dos órgãos de saúde, recebemos em outubro um fluxo de 797.246 passageiros e 7.816 voos. Um grande avanço que só foi possível a um trabalho em equipe para você voar tranquilo! Com este crescimento, o terminal brasiliense recupera 65% do seu tráfego pré-covid, e se consolida como centro de conexão nacional.

Antes da pandemia o Aeroporto de Brasília tinha uma frequência média semanal de 2.700 voos e 340 mil passageiros. Atendia 40 cidades brasileiras e dez destinos no exterior. Atualmente o aeroporto atende 45 municípios do Brasil e dois destinos no exterior, Lisboa e Panamá, operados pela TAP e pela Copa Airlines, respectivamente. 

A retomada vem sendo feita de forma cautelosa e mês em mês. Para receber os passageiros a concessionária vem tomando diversas medidas sanitárias, respeitando todas as orientações dos órgãos de saúde e atenta contra a disseminação do vírus nas regiões. Por conta dessas ações que vem adotando, a Inframerica foi reconhecida internacionalmente pelo Conselho Internacional de Aeroportos (Airports Council International - ACI) que credenciou o aeroporto brasiliense com a Airport Health Accreditation (AHA) certificação de boas práticas em medidas sanitárias. A certificação comprova que a administradora implementou nos últimos meses os procedimentos sanitários necessários para atendimento do bem-estar de passageiros e funcionários.

A Inframerica instalou câmera para aferição de temperatura no embarque que, além de medir a febre, também verifica se o passageiro está usando ou não a máscara. Já no desembarque, os bombeiros civis do aeródromo fazem a verificação da temperatura de todos os passageiros que chegam na capital federal. Os bombeiros também realizam a triagem na área internacional.

A administradora também demarcou com adesivos o distanciamento social em filas, portões, pontes de embarque e no raio-x. Entretanto, pede a colaboração de todos os passageiros no respeito às distâncias físicas entre pessoas. Também foram distribuídos pontos de álcool gel em todo o Aeroporto. Há dispensers fixados em paredes, balcão de informações e há ainda totens de álcool gel com acionamento por pedal. Lojistas também estão disponibilizando o produto para uso de clientes. Há avisos sonoros sendo transmitidos, assim como informações em monitores. A limpeza também foi intensificada e todo o terminal recebe uma higienização com produtos altamente desinfetantes, os mesmos usados em UTIs hospitalares. 

"Nós tomamos diversas medidas sanitárias para o enfrentamento da doença. Embarcar está diferente, mas queremos que os nossos passageiros se sintam tranquilos ao viajar por Brasília. É comprovado por diversos estudos que o filtro Hepa das cabines dos aviões, realiza a troca de ar de forma eficaz e contínua e elimina 99,99% das bactérias e vírus presentes no ar das aeronaves. Contudo é necessário que o passageiro também faça a sua parte. Respeite o distanciamento, não forme filas sem necessidade, utilize a máscara corretamente durante todo o período no terminal ou no voo e higienize sempre suas mãos", recomenda Rogério Coimbra, diretor de assuntos corporativos da Inframerica.